Home > Serviços > Vistos
Vistos

Vistos

Todos os serviços da Intercâmbio Inteligente são personalizados. Definimos uma estratégia inteligente para proporcionar a você tomar decisões responsáveis na escolha de seu programa e acomodação e para que sua experiência de curso no exterior ou de intercâmbio seja um sucesso. Selecionamos as melhores escolas e as melhores opções de acomodação e nosso assessoramento com seu visto não poderia ser diferente. Vamos apresentar em detalhes para você – de acordo com o programa que você escolheu – as opções corretas de visto necessárias e as exigências para obtenção destes vistos. A Intercâmbio Inteligente não pode garantir que você vai obter os vistos solicitados, mesmo que você siga a risca o que os consulados determinam. A emissão do visto é uma decisão soberana e exclusiva das autoridades do país que você estará visitando.

Conheça algumas opções de vistos para os principais destinos:

Visto para o Canadá

Visto para o Canandá

Estudo até 6 meses (Temporary Resident Visa)

Este visto é indicado para pessoas que desejam estudar no máximo até 6 meses no Canadá e NÃO tem intenção em renovar sua estadia além deste prazo.

É possível solicitar o Temporary Resident Visa com uma ou múltiplas entradas.

O visto de múltipla entradas permite que você saia do Canadá para qualquer país e retorne para o Canadá dentro da vigência do mesmo.

No caso de visita aos EUA durante o período do curso, não há a necessidade de solicitar o visto múltiplo, já que este país possui acordo com o Canadá e permite que você atravesse a fronteira durante a vigência de seu visto com o de uma entrada somente.

OBS: Portadores de passaporte da comunidade européia não necessitam de visto de entrada caso a duração máxima da estadia seja de 3 meses. Acima desta duração, o processo de visto é basicamente o mesmo que o de um passaporte brasileiro.

Documentação padrão (estes são os documentos exigidos pelo consulado canadense para dar entrada neste tipo de visto. É possível que sejam exigidos documentos adicionais)

  • 02 fotos 3cm x5cm iguais e recentes
  • Carta de aceitação da Escola
  • Cópia da carteira de identidade RG ou certidão de nascimento
  • Cópia do Contrato social + última alteração contratual + CNPJ + pró-labores/DECORE dos 03 últimos meses ( se empregador)
  • Cópia dos contra-cheques dos 03 últimos meses + cópia da carteira profissional (se empregado)
  • Extratos Bancários ref. investimentos, aplicações, conta corrente ref. 03 últimos meses
  • Formulário adicional para pedido de visto preenchido e assinado ( Canadá )
  • Formulario Family Information IMM5645E (Canada) 
  • Formulário para visto de turismo, negócios, trânsito ou estudos por prazo inferior a 06 meses, preenchido e assinado ( Canadá )  
  • Formulario Use of a Representative IMM 5476E 
  • Imposto de Renda pessoa física completo, ref. último exercício
  • MENOR: autorização dos pais , para viajar desacompanhado, com firma reconhecida em cartório
  • Passaporte anterior original
  • Passaporte original, com validade mínima de 06 meses.
  • Se Estudante: declaração escolar ou 03 ultimos comprovantes de pagamento
  • Se possuir amigo ou parente: Carta Convite do parente ou amigo residente no país de destino + cópia de documento que comprove legalidade no país
  • Termo de Consentimento VAC ( Canada)
  • Termo de Custódia (visto de estudo para menores de 18 anos)( Canadá ) 

Taxas consulares:

  • Visto de uma entrada : R$ 125 por pessoa
  • Visto de múltiplas entradas: R$ 250 por pessoa
  • Prazo para o processamento 15 dias úteis*

* Valores e prazo podem ter alteração sem prévio aviso

Estudo por mais de 6 meses (Study Permit)

Este visto é indicado para pessoas que desejam estudar por um período superior a 6 meses no Canadá.

Este visto permite que o estudante solicite uma renovação ou extensão de permanência no Canadá caso esteja devidamente inscrito em um novo programa de estudos neste país.

Todo visto Study Permit possui múltiplas entradas.

  • OBS 1: Estudantes que realizam cursos com duração inferior a 6 meses mas desejam entrar no Canadá com o Study Permit podem solicitá-lo mediante uma carta de intenções, demonstrando que existe a possibilidade para a realização de um curso mais longo. Não é garantida a aprovação nestes casos e recomendamos uma inscrição em curso com duração de pelo 16 semanas para este tipo de solicitação.
  • OBS 2: Alguns programas de High School podem exigir que o participante entre no Canadá com o Study Permit, mesmo que o programa seja inferior a 6 meses. Isto é devido ao fato de algumas províncias só concederem o benefício do seguro médico público a portadores deste tipo de visto.
  • OBS 3: Para pessoas que irão estudar na província de Quebec é necessário a obtenção do documento CAQ (Certificat D'Acceptation du Québec). A escola por qual você irá se inscrever irá lhe auxiliar com a emissão deste documento.
  • OBS 4: Para programas com duração superior a 6 meses será exigido um exame médico. O exame médico deve ser realizado apenas após análise prévia do processo de visto junto ao consulado canadense. Este exame deve ser realizado em médicos credenciados previamente pelo Consulado Canadense.
  • OBS 5: Programas de Estudo e Trabalho (Work & Study) no Canadá também exigem o Study Permit. O ideal é que você saia do Brasil já com este tipo de visto definido pois a mudança de status no Canadá pode ser difícil e demorada.

Documentação padrão (estes são os documentos exigidos pelo consulado canadense para dar entrada neste tipo de visto. É possível que sejam exigidos documentos adicionais)

  • Cópia do Imposto de Renda pessoa física completo ref. último exercício
  • 02 fotos 3cm x5cm iguais e recentes
  • Carta de aceitação da Escola
  • Cópia da carteira de identidade RG ou certidão de nascimento
  • Cópia do Contrato social + última alteração contratual + CNPJ + pró-labores/DECORE dos 03 últimos meses ( se empregador)
  • Cópia dos contra-cheques dos 03 últimos meses + cópia da carteira profissional (se empregado)
  • Extratos Bancários ref. investimentos, aplicações, conta corrente ref. 03 últimos meses
  • Formulário adicional para pedido de visto preenchido e assinado ( Canadá )  
  • Formulário de visto a Estudos preenchido e assinado – superior a 6 meses (Canadá )  
  • Formulario Family Information IMM5645E (Canada) 
  • Formulario Use of a Representative IMM 5476E 
  • MENOR: autorização dos pais , para viajar desacompanhado, com firma reconhecida em cartório
  • Passaporte anterior original
  • Passaporte original, com validade mínima de 06 meses.
  • Se Estudante: declaração escolar ou 03 ultimos comprovantes de pagamento
  • Se possuir amigo ou parente: Carta Convite do parente ou amigo residente no país de destino + cópia de documento que comprove legalidade no país
  • Termo de Consentimento VAC ( Canada) 
  • Termo de Custódia (visto de estudo para menores de 18 anos)( Canadá ) 

Taxas consulares:

  • R$ 210 por pessoa
  • Prazo para o processamento 60 dias*

* Valores e prazo podem ter alteração sem prévio aviso

Visto para os Estados Unidos

Visto para os Estados Unidos

Se você escolher os Estados Unidos como destino de seu intercâmbio vai precisar solicitar um visto de entrada para este país.

Existem várias categorias de vistos de intercâmbio para os EUA. Veja abaixo as principais:

Visto Estudante (F1)

Este visto é indicado para qualquer pessoa que deseja estudar por pelo menos 18 horas semanais nos seguintes tipos de curso:

  • Escolas particulares de inglês
  • Cursos universitários de extensão, graduação , pós-graduação ou Doutorado
  • Escolas Secundárias (High School) particulares ou públicas (no caso da escola cobrar mensalidade do estudante)

A duração do visto de estudante (F1) é geralmente igual a do curso que o estudante se inscreveu. Após o término do curso, o estudante tem direito a permanecer legalmente nos EUA por até 60 dias.

Visto Turismo (B2)

Estudantes inscritos em cursos com carga horária abaixo de 18 horas semanais devem solicitar o visto B2 (Turismo) . O principal propósito da viagem não é o curso em função da carga horária mais baixa.

Atualmente os consulados americanos estão emitindo vistos com validade de 10 anos para brasileiros. No entanto, esta validade fica a critério de cada agente consular que estiver analisando o processo de visto.

Vale lembrar que esta validade é referente ao visto e não a permanência de seu portador nos EUA. Apenas o oficial de imigração pode definir o prazo máximo de permanência nos EUA. Geralmente este prazo é fixado em 6 meses para brasileiros, independente da duração indicada pelo viajante na entrevista de entrada no país.

OBS: Portadores de passaporte da comunidade européia não necessitam de visto de entrada caso a duração máxima da estadia seja de 3 meses. No entanto, é necessário um cadastro prévio no site https://esta.cbp.dhs.gov com pelo menos 72 horas antes da viagem.

Visto Intercâmbio (J1)

Qualquer pessoa que pretenda ir aos Estados Unidos para exercer uma função pré-combinada, treinamento ou pesquisa no âmbito de um programa aprovado oficialmente e patrocinado por uma instituição de ensino ou outra instituição sem fins lucrativos, precisa de um visto de intercâmbista (J-1).

Este visto tem suas normas estabeliecidas pelo Departamento de Estado do governo americano e é aplicado para os seguintes tipos de programa:

  • High School Público (no qual não há cobrança de mensalidade por parte da escola)
  • Summer Work & Travel : Programa de trabalho temporário para universitários em férias
  • Au Par: Programa de trabalho como babá
  • Trainee: Programa de estágio em empresas americanas
  • Pesquisa acadêmica em universidades

A duração do visto J1 depende do tipo do programa. No entanto, todas as categorias de visto J1 ecebem o benefício do Grace Period de 30 dias após o término do programa.

Importante: por razões de segurança, os solicitantes de vistos e cidadãos americanos não podem entrar nos Consulados ou na Embaixada com volumes (exceto uma bolsa pequena), telefones celulares ou outros equipamentos eletrônicos.

Passo a passo: Como tirar o visto para os Estados Unidos

Se você planeja viajar aos Estados Unidos e precisa solicitar o visto pela primeira vez OU quer renovar um visto que ainda esteja válido ou que tenha expirado há menos de 12 meses, deve seguir os seguintes passos:

  • Pague a taxa de R$38,00. Essa taxa é obrigatória e permitirá que faça o seu agendamento para a entrevista e tenha acesso à informações gerais. O pagamento dessa taxa pode ser feito através do website www.visto-eua.com.br ou do telefone (21) 4004-4950 da central de agendamentos do Serviço de Informações de Vistos de acordo com sua conveniência.
  • Obtenha as informações e faça o seu agendamento através do website www.visto-eua.com.br ou do telefone (21) 4004-4950

Preencha o formulário de solicitação de visto DS-160. Sua solicitação através do formulário DS-160 deve ser completada não menos do que dois dias antes da data de sua entrevista.

  • Pague a taxa de solicitação de vistos no Citibank, em espécie e apenas em Reais. Levar algum documento de identidade ou cópia do passaporte para pagar esta taxa. Atualmente a taxa tem o valor de US$ 140.
  • No dia da entrevista compareça à Embaixada ou ao Consulado com a página de confirmação do formulário DS-160, uma foto 5×5 ou 5×7 cm e os documentos recomendados.
  • Pague a taxa de envio de seu passaporte ao serviço de entrega expressa antes de sua saída da Embaixada ou Consulado.
Visto para Inglaterra

Visto Reino Unido

Todos os processos de vistos para o Reino Unido são realizados através dos escritórios da WorldBridge, empresa contratada pelo consulado Britânico para este fim.
A Worldbridge possui escritórios no Rio de Janeiro, São Paulo e Brasilia. É obrigatória a presença do estudante em um destes escritórios para a solicitação de visto para o Reino Unido em função da identificação biométrica.

O tipo de visto a ser solicitado depende do programa pelo qual você se inscrever.

Student Visitor Visa (SVV)

Se o seu curso do no Reino Untem duração até 6 meses você tem a opção de solicitar o mesmo apenas na entrada na imigração do Reino Unido OU solicitar um pré-visto junto ao Consulado Britânico do Rio de Janeiro.

O SVV é válido para cursos de inglês ou qualquer curso de extensão ou universitário, que não exija proficiência no idioma.

OBS: Este visto não permite extensão.

Os documentos necessário para a solicitação do Student Visitor Visa (SVV) são os seguintes:

  • Formulário solicitação de visto preenchido e assinado
  • Passaporte válido com pelo menos 6 meses de validade a partir da data de sua entrada no Reino Unido.
  • 2 fotos recentes de 45mmX 35mm colorida e que obedeçam as exigências do Consulado Britânica.
  • Comprovante da taxa de solicitação de visto
  • Carta de confirmação do curso
  • Imposto de Renda completo e/ou extratos de investimento e/ou holerites da pessoa que está financiado a viagem
  • Carta de suporte financeiro da pessoa que estiver custeando a viagem (caso não seja o próprio)
  • Comprovante de vínculos no Brasil (universidade ou emprego)

Extended Student Visitor Visa (Extended SVV)

Este visto é destinado a estudantes que desejam estudar programas de inglês de 6 a 9 meses e que não exigem proficiência no Inglês.

O processo de solicitação é idêntico ao do SVV regular.

General Student Visa (GSV – Tier 4)

Para requerer o Visto de Estudante – categoria adulto, o estudante precisa ter um total de 40 pontos:

30 pontos – CAS (número eletrônico de matrícula): após a confirmação do pagamento, a escola emitirá o CAS, comprovando o curso pago em uma instituição que seja licenciada pela UK Border Agency. (confira lista de registro das escolas aprovadas no site do Home Office )

Agora o estudante precisa provar que já estudou inglês previamente no Brasil, com um teste oficial de inglês, conforme a lista da UKBA

Certificados de escolas de inglês ( brasileiros ou internacionais ) não são mais aceitos para a comprovação do nível de inglês do estudante!

Quem não estiver no nível mínimo do B1 no CEFR – Common European Framework of Reference , não conseguirá o visto do Tier 4!

Este nível B1 do CEFR é equivalente ao nível Intermediate – ( Intermediário ).

10 pontos – Maintenance or Funds (extrato bancário ou carta do banco): 

comprovação de que, no momento em que está aplicando para o visto, o estudante apresenta em sua conta o dinheiro exigido para cobrir as despesas mensais durante o período de estudo. 

  • £800.00/para cada mês de curso em Londres
  • £600.00/para cada mês de curso em outras cidades

Para cursos de mais de 09 meses, vc só precisa ter o valor total para 09 meses, ou seja, 7.200 libras ou 5.400 libras, dependendo de qual cidade vc vai estudar!

IMPORTANTE

Essa quantia precisa estar em uma conta bancária no nome do estudante (ou dos pais – veja abaixo) por pelo menos 28 dias e, o extrato bancário apresentado pro visto não pode ser mais antigo do que 01 mês da data de aplicação pro visto de estudante.

* De acordo com as novas determinações da Imigração Britânica, o estudante pode utilizar a conta dos pais para comprovar o dinheiro para a sua manutenção aqui durante os estudos, entretanto terá que apresentar 2 documentos adicionais: – cópia da certidão de nascimento traduzida

- carta dos pais traduzida, confirmando que eles tem o dinheiro pro visto na conta e que o estudante poderá utilizar desse dinheiro pra aplicar pro visto.

Todo e qualquer documento apresentado em português, incluindo extratos bancários e certificados de escolas, deverá ser traduzido para o inglês por um tradutor juramentado, legalmente autorizado à fazer traduções oficiais.

Os documentos básicos que o estudante vai precisar são: 

  • CAS: número eletrônico de confirmação de matrícula na escola apresentando todos os dados exigidos pelo Home Office mostrando o valor do curso e comprovando o pagamento integral do mesmo
  • formulário ( papel ) PBS Appendix 8 – General Student – preenchido à mão, em inglês
  • formulário ( online ) Points Based System – Tier 4 – General Students – preenchido online, em inglês
  • certificados de testes de inglês oficiais utilizados para comprovar o nível de inglês do aplicante na hora da matrícula
  • seu passaporte válido e 02 fotos recentes 35mm x 45mm
  • pagar a taxa da Embaixada
  • extrato do banco de conta corrente ou poupança em seu nome, em papel timbrado do banco e carimbado e assinado pelo gerente, se possível, com a quantia estabelecida pela imigração. Este extrato também deve ser traduzido oficialmente para o inglês por um tradutor juramentado!

* O extrato bancário deve mostrar que vc tem o dinheiro pra sua manutenção aqui por, pelo menos, 28 dias consecutivos e durante este período o saldo da conta nunca pode baixar da quantia que vc vai precisar para obter o seu visto de estudante!

* Esse extrato bancário tem a validade de 30 dias, da data da emissão!

O visto pro Reino Unido deve ser tirado pessoalmente pelo aplicante em um dos escritórios da Worldbridge no Brasil, no RJ, SP ou DF!

Os dados biométricos do estudante vão ser coletados durante a entrega dos documentos, nos escritórios da Worldbridge no Brasil.

Os estudantes que aplicarem para o visto do Tier 4 a partir de Julho de 2011, não terão mais direito à trabalharem legalmente no Reino Unido, a menos que estejam estudando um curso superior em uma instituição de ensino superior registrada ( HEI ), aonde poderão trabalhar legalmente por até 20 horas por semana durante o ano letivo.

Visto para Irlanda

Visto Irlanda

Se você desejar trabalhar meio-período (até 20 horas semanais) deverá estar matriculado em um curso de período integral registrado durante um ano acadêmico ou em programas de ensino da Língua Inglesa. No caso cursos de língua inglesa, o mesmo deverá:

  • ser registrado junto ao Ministério de Educação da Irlanda;
  • ter duração mínima de 25 semanas;
  • ter 15 horas de aulas presenciais semanais;
  • 250 horas de ensino ao longo da duração do curso;
  • o curso deverá oferecer avaliação do aluno e certificação no final do curso.

Portadores de passaportes brasileiros não precisam de visto de entrada para a Irlanda. Ao chegar na imigração em Dublin você receberá um carimbo com permanência de 1 mês. Dentro deste prazo você deverá se registrar como estudante no escritório de imigração GNIB (Garda National Immigration Bureau). Neste momento você deverá apresentar um extrato de conta em um banco na Irlanda com saldo equivalente a, pelo menos, EUR 1.000. Você poderá abrir esta conta facilmente logo após a sua chegada em qualquer banco irlandês. Você deverá apresentar os seguintes documentos no GNIB:

  • Passaporte
  • Bilhete aéreo com data de volta marcada
  • Carta de confirmação do curso emitida pela escola
  • Extrato de banco Irlandês com saldo de pelo menos EUR 1.000 (você poderá sacar este valor a qualquer momento após a concessão do visto).

Após a análise do seu processo, você irá receber o Certificado de Registro GNIB e um carimbo no passaporte com permissão de ficar na Irlanda até o final do curso, ou a data do retorno de seu bilhete aéreo.

IMPORTANTE: A intercâmbio inteligente presta toda a consultoria e auxílio para a organização da documentação exigida para solicitar um visto. Porém, a solicitação do visto é feita para a Embaixada ou Consulado do país para qual pretende realizar seu intercâmbio.

SOMENTE AS EMBAIXADAS E CONSULADOS PODEM CONCEDER VISTOS, OU SEJA, O RESULTADO DE SUA SOLICITAÇÃO DEPENDE DA APROVAÇÃO DA EMBAIXADA E/OU CONSULADO.

Visto para Austrália

Visto Austrália

Informações sobre visto para a Austrália

Para entrar no país, turistas, estudantes e viajantes a negócios de nacionalidade brasileira necessitam de visto de entrada.

Os vistos são emitidos somente na Embaixada da Austrália, em Brasília. A Embaixada está aberta ao público de segunda à sexta-feira das 9h às 10h30. Para pedido de informações ou acompanhamento do processo de vistos, o público deve se comunicar com o Departamento de Imigração via fax (61) 224-5777 ou pelo e-mail dima-brasilia@dfat.gov.au.

Em São Paulo, é possível obter os formulários de visto pelo Consulado Geral da Austrália. Qualquer tipo de dúvida em relação ao processo para aplicação de visto deverá ser encaminhado diretamente à Embaixada em Brasília.

Formulários para visto

  • 157A – Visto de Estudante – Inglês (PDF)
  • 48R – Visto de turista – Portugues (PDF)
  • Lista de medicos credenciados – Brasil
  • 956A – Autorizacao para atuacao do despachante de vistos (PDF)

Obs: Os formularios acima são de responsabilidade do departamento de imigração Australiano. Em caso de o link nao estar disponivel, por favor e-mail informando. Obrigado.

Depois de escolhido o tipo de visto como proceder?

Reunir formulário pertinente preenchido e assinado, passaporte válido, documentos requeridos, exame médico com medico credenciado e chapa de pulmão (quando aplicado) e a taxa do visto vigorando na ocasião (valores reajustáveis – checar valor no Site www.brazil.embassy.gov.au). A taxa deve ser enviada em cheque nominal á Embaixada da Austrália. Acrescentar outro cheque também nominal á Embaixada da Austrália referente ao serviço de correio de volta (no mesmo valor pago pelo envio na ida).

Através do site www.brazil.embassy.gov.au pode-se conferir os prazos de processamento de cada tipo de visto. Enviar toda documentação para a Embaixada da Austrália em Brasília. É importante ressaltar que o Consulado Geral da Austrália em São Paulo não recebe processos de aplicação para vistos.

Vacina

Para entrar na Austrália todos os viajantes deverão ser vacinados contra a febre-amarela com pelo menos dez dias de antecedência à viagem. A carteira internacional de vacinação deve permanecer junto ao passaporte na chegada ao país.

Passaporte

Clique aqui para saber como tirar seu passaporte.

Endereço da Embaixada da Austrália em Brasília

SES – Setor de Embaixadas Sul, Quadra 801, Conj. K, lote 07
Brasília-DF-CEP 70200-010 
Tel. (61)223-7772 
Fax (61) 224-5777 
E-mail: dima-brasilia@dfat.gov.au
Web site: www.brazil.embassy.gov.au

Visto de estudante Australia

VISTO DE ESTUDANTE

Como solicitar visto de Estudante para Austrália

O visto de estudante para a Austrália pode ser solicitado por aqueles que desejam estudar por mais de 14 semanas na Austrália, para fazer curso de inglês ou participar de um programa de intercâmbio, cursos técnicos, graduação, pós-graduação ou mestrado. Independente do tipo de curso, a instituição de ensino australiana deverá estar autorizada a receber estudantes estrangeiros.

Formulário 157A preenchido e assinado, passaporte válido, taxa de visto (valor reajustável – cheque nominal à Embaixada da Austrália), resultado dos exames médicos (estes são enviados para a Embaixada pelo médico credenciado – lista de médicos credenciados no site www.brazil.embassy.gov.au ou abaixo) e documentação comprovatória são os requisitos básicos para o pedido do visto.

Passaporte

Formulários para visto

  • 157A – Visto de Estudante – Inglês (PDF)
  • Lista de medicos credenciados – Brasil (PDF)
  • 956 – Autorizacao para atuacao do despachante de vistos (PDF)

Obs: Os formularios acima são de resposabilidade do departamento de imigração Australiano.

Documentos necessários

  • Evidência de proficiência em Inglês (para cursos profissionalizantes e universitários, pede-se comprovante dos testes IELTS ou TOEFL;
  • Se estiver empregado, comprovante de vinculo empregatício;
  • Carta de responsabilidade financeira para com o estudante, assinada por aquele que irá arcar com as despesas (com firma reconhecida);
  • Autorização dos pais, para estudante menor de 18 anos, para viajar desacompanhado (documento com firma reconhecida em cartório);
  • Menores de 18 anos devem fornecer o endereço onde se hospedarão na Austrália e carta da escola confirmando sua condição de menor de idade (welfare letter);
  • Se estudante no Brasil, comprovante de matricula ou pagamento da última mensalidade (cópia autenticada);
  • Carta oferecendo vaga em escola na Austrália (oferecimento de vaga);
  • Comprovante do pagamento da matricula (COE – Confirmation of Enrollment) ou carta de aceitação do intercâmbio (AASES);
  • 3 fotos recentes 5×7 (2 para exames médicos e 1 para o formulário);
  • Realização de exames médicos completos (lista no site www.brazil.embassy.gov.au) antes de solicitar o visto, sendo que os resultados serão enviados diretamente à Embaixada, pelo próprio médico credenciado, no momento de análise do pedido do visto;
  • Comprovantes de renda da pessoa responsável pela viagem (imposto de renda completo e contra-cheques, pró-labore ou RPA – Recibo de Pagamento Autônomo – cópia autenticada). As declarações contábeis devem conter selo do Conselho Regional de Contabilidade (cópia autenticada).

Tempo de processamento do visto

40 dias é o tempo de processamento para solicitação de vistos indicado pelo Departamento de Imigracao da Australia (prazo sujeito a alteração nos períodos de alta temporada). É indicado solicitar o visto com 2 mêses de antecedência da data inicio do curso na Austrália. Importante considerar um prazo total de 8 semanas para obtenção do passaporte de volta, em razão do tempo necessário para transporte do material e eventos como férias e feriados.

Condições especiais que eventualmente podem ser impostas nos Vistos de Estudante

Quando o estudante assina o formulário de pedido de visto, ele estará declarando que está ciente da possibilidade de imposição de certas condições em seu visto. Ao aprovar um visto, qualquer condição pode ser imposta, conforme explicado com detalhes no formulário. É importante lembrar que o seguro de saúde internacional é obrigatório e deve ser comprado junto do curso, oferecido pela própria escola. Isso porque a Austrália apenas aceita o seguro OSHC. Esse seguro será pedido para que o visto seja concedido. 

Se você quer solicitar visto de estudante, adicione mais o valor do seguro saúde obrigatório do governo Australiano ao seu curso.

Trabalhos para estudantes na Austrália

Durante o período acadêmico, os estudantes estrangeiros com visto de estudante podem trabalhar legalmente até no máximo 20 horas semanais. Entretanto nos periodos de ferias estudantes podem trabalhar quantas horas quiserem. Para tanto, é necessário pedir autorização ao Departamento de Imigração na Austrália (DIMIA) assim que os estudos iniciarem.

Visto para Nova Zelândia

Visto Nova Zelândia

Se você é cidadão brasileiro e deseja visitar a Nova Zelândia por um período de até 3 meses, contados a partir de sua data de chegada, com finalidade turística, estudos ou negócios, você não precisa aplicar para um visto de visitante. Porém, é terminantemente proibido trabalhar na Nova Zelândia sem o visto de trabalho. Estrangeiros trabalhando sem devido visto de trabalho serão imediatamente deportados. Se você deseja trabalhar na Nova Zelândia, confira os requisitos para o visto necessário. Pode-se pedir o visto de uma entrada ou de múltiplas entradas.

A isenção de visto para brasileiros tem o propósito de não se exigir visto de entrada para quem deseja:

  • Permanecer na Nova Zelândia por até 3 meses como turista ou estudante;
  • Permanecer na Nova Zelândia por até 3 meses por motivo de negócios (somente reuniões, palestras, congressos, entrevistas, etc), sendo vedado o trabalho remunerado e também o fechamento de contrato de trabalho durante esse período.

Para isso é obrigatório que se apresente na chegada ao país:

  • Passaporte com data de validade, no mínimo, de três meses após a data de partida da Nova Zelândia; 
  • Bilhete de retorno ou saída com data prevista para o período de até três meses após a data de chegada à Nova Zelândia com destino a um país que se tenha o direito de entrar;
  • Dinheiro suficiente para se manter na Nova Zelândia durante a estadia (NZ$ 1000 por mês/ por pessoa – dinheiro em espécie, traveller's cheque e cartão de crédito);
  • Comprovar que possui reserva de hotel na Nova Zelândia ou endereço onde ficará hospedado;

Caso o motivo principal da viagem seja estudo (até 3 meses), recomendamos que o passageiro leve também:

  • Comprovante de pagamento do curso;
  • Comprovante de matrícula na Escola ou Instituição de Ensino.

Em qualquer dos casos recomendamos que tenha em mãos

  • Itinerário de viagem;
  • Comprovantes de vínculos com o Brasil (ex: carta do seu empregador, matrícula de escola ou universidade).

É terminantemente proibido aos visitantes que entraram na Nova Zelândia sem visto, com base no Acordo de Isenção Parcial de Vistos, ter qualquer atividade de trabalho, seja ele temporário, sazonal ou meio período, sob pena de ser removido imediatamente.

O Serviço de Imigração adota procedimentos rigorosos de modo a assegurar que as pessoas que estejam adentrando a Nova Zelândia cumpram com as exigências estabelecidas no acordo de isenção de visto firmado entre os nossos países. Os referidos procedimentos visam evitar que o acordo de isenção de visto sirva de meio para se entrar na Nova Zelândia com propósito de trabalhar ou imigrar ilegalmente. Tais procedimentos se aplicam igualmente a todos os visitantes estrangeiros, não apenas aos brasileiros.

Quem tem intenção de trabalhar na Nova Zelândia deve entrar no país já com visto de trabalho ou já estando no país obter seu visto junto a um escritório da Immigration New Zealand, uma divisão do Departamento de Trabalho, órgão do governo responsável pela emissão de vistos e permissões na Nova Zelândia, antes de começar a trabalhar.

Estudar na Nova Zelândia

Cursos de até 3 meses não necessitam de visto de estudante – veja o Acordo de Isenção Parcial de Vistos no site http://www.nzembassy.com/

Requisitos para solicitação do visto de estudante

O visto de estudante é concedido para as pessoas que estão indo estudar na Nova Zelândia, portanto é necessária matrícula em escolas/universidades da Nova Zelândia. Matrículas de estudantes em escolas/universidades no Brasil não se aplicam para obtenção do visto. 

Documentos para o visto de estudante na Nova Zelândia

Alunos matriculados em cursos de mais de 3 meses e período integral (pelo menos 20 horas semanais), devem apresentar (pessoalmente, via Sedex, despachante ou portador) a seguinte documentação na Embaixada:

  • Formulário StudentVisaApplicationINZ1012 preenchido e assinado pelo aluno;
  • Duas fotos 3×4 recentes (máximo 6 meses) colada no formulário;
  • Passaporte (válido até no mínimo três meses após a data de saída da Nova Zelândia);
  • Formulário FinancialUndertakingforaStudentINZ 1014 (Comprovação Financeira) assinado pela pessoa que estiver 'financiando' o curso e estadia e pelo gerente do banco onde essa pessoa tem conta. Enviar juntamente com o formulário os extratos de qualquer tipo de aplicação financeira dos seis últimos meses (onde se comprovem os fundos necessários para o sustento do estudante – investimento, conta corrente e conta poupança) + comprovante de renda – último Imposto de Renda e os três últimos contra-cheques da pessoa que estiver financiando o curso + comprovação do vínculo entre signatário do formulário e estudante;
  • Uma oferta de vaga de uma instituição educacional informando que você foi aceito pela instituição, o nome do curso, o tempo mínimo exigido para a realização do curso e se será necessário pagar uma tarifa pelo curso ou se o aluno está isento (p. ex., alunos com bolsa de estudo). Isso será enviado para você pela instituição na confirmação da sua matrícula;
  • Recibo de pagamento da escola comprovando pagamento integral do curso (emitido pela instituição neozelandesa de ensino, com valores especificados) ou comprovante de isenção (no caso de bolsa de estudos);
  • Uma garantia por escrito de uma instituição ou pessoa de que há acomodação adequada disponível para você na Nova Zelândia;
  • Cópia da passagem aérea (ida e volta) ou print da reserva;
  • Taxa: R$320,00 não reembolsável (O pagamento da taxa pode ser efetuado por meio de cheque nominal à Embaixada da Nova Zelândia ou em dinheiro).

Para estudantes que irão estudar por um período superior a 6 meses e inferior a 12 meses:

Entre seis meses e um ano, apresentar exame de raio-x realizado por um médico credenciado pelo Governo Neozelandês e formulário X-rayCertificateforTemporaryEntryINZ1096 preenchido e assinado pelo médico credenciado do Gov. Neozelandês juntamente com uma foto 3×4 recente do estudante.

Para estudantes que irão estudar por um período superior a 12 meses:

Apresentar o exame médico completo e raio-x realizados por médico credenciado do governo Neozelandês juntamente com o formulário MedicalandChestX-rayCertificateINZ1007 preenchido e assinado pelo médico credenciado e uma foto 3×4 recente do estudante.

Atenção: só serão aceitos exames realizados no máximo 3 meses da data de aplicação do visto. Exames realizados há mais de 3 meses da data não serão aceitos.

Mulheres grávidas e crianças menores de 11 anos de idade não são obrigados a apresentar o X-ray Certificate, a menos que um relatório especial seja  exigido.

Para maiores detalhes sobre as exigências de saúde leia o HealthRequirementsLeafletINZ 1121 PDF.

Se o curso durar mais que 24 meses, deve-se apresentar:

  • Menor de 17 anos: carta de autorização dos pais;
  • Maior de 17 anos: atestado de antecedentes criminais original emitido pela Policia Federal – não são aceitos atestados emitidos pela Internet. O atestado deve ser emitido no máximo de seis meses da data da viagem (atestados com data superior a este período não serão aceitos).

* Você não poderá incluir dependentes no seu pedido de visto: cônjuges, filhos, pais, responsáveis legais e outras pessoas dispostas a acompanhar você à Nova Zelândia, deverão solicitar separadamente o tipo de visto necessário.

A Nova Zelândia coloca a disposição um guia para ajudar no preenchimento do formulário de estudante, o StudentVisaGuideINZ1013 PDF.

Visto de trabalho para estudantes

Brasileiros que vão estudar na Nova Zelândia em horário integral (min. 20 horas semanais) podem trabalhar por meio período (até 20 horas semanais) durante o período de estudos, e horário integral (até 40 horas semanais) durante período de férias escolares. Para poder trabalhar, no entanto, é necessário que o aluno:

  • esteja estudando inglês na Categoria 2 ou 3 em um programa de no minímo 6 meses de duração (o aluno precisa comprovar pontuação 5.0 no IELTS), OU
  • esteja estudando em uma escola privada (PTE – Private Training Establishment) ou instituição de ensino superior (Tertiary) por 2 anos ou mais, OU
  • esteja estudando em uma instituição de ensino superior pelo período minímo de 1 ano que seja parte de um programa de trabalho.
  • esteja estudando para acumular pontos dentro do processo de imigração do país (Skilled Migrant Category), OU
  • esteja estudando em uma instituição de ensino médio, nos anos 12 ou 13, e tem permissão da escola e dos pais para trabalhar, OU

Se o aluno qualifica para trabalhar, os direitos de trabalho serão concedidos juntamente com o visto de estudante.

Formulários

Todos formulários encontram-se no site da Imigração. Não serão aceitos formulários em papel de fax, escaneados ou enviados por e-mail.

A Embaixada da Nova Zelândia não dará entrada em processo com formulários desatualizados, incompletos, preenchidos em português ou não assinados pelo solicitante.

Para o preenchimento dos formulários a Imigração da Nova Zelândia disponibiliza Guias de preenchimento que podem ser encontrados no site da Imigração.

Os campos B3 e B4 dos formulários são de preenchimento obrigatório, devendo ser informado de maneira clara quem é o responsável por dar eventuais esclarecimentos sobre o processo e pelo recebimento do passaporte após a análise deste Departamento. Formulários que trouxerem esses campos em branco só serão analisados após o recebimento desses preenchidos de forma correta.

* Documentos alterados e falsos resultarão na recusa do pedido de visto.

Entrega e Envio de documentos

Apresentar todos os documentos na Embaixada da Nova Zelândia em Brasília, em horário marcado com um Oficial de Imigração, pelo e-mail: vistos@mfat.govt.nz, entre segunda e sexta-feira das 09h00 às 12:00, ou enviar via Sedex.

New Zealand Embassy Visa Officer

Embaixada da Nova Zelândia

SHIS QI 09 Conjunto 16 Casa 01

Lago Sul

Brasília – DF, 71 625-160

Tel.: +55 (61) 3248-9900

Fax: +55 (11) 3248-9916

E-mail exclusivo para vistos: vistos@mfat.govt.nz

Solicitantes que desejarem receber seu pedido de volta via Sedex, devem pagar também o valor da taxa administrativa de R$30,00 em dinheiro ou cheque.

* Não serão aceitos cheques com os valores somados das taxas, somente um cheque por taxa e nominal à Embaixada da Nova Zelândia.

O Departamento de Imigração da Nova Zelândia pode recusar ou rescindir um visto a qualquer momento por quaisquer razões que julgue apropriadas.